5 motivos para ler | A Roda do Tempo

Olá, abduzidos!

Esse post é especial pra galera que curte fantasia épica, ou pra você que está querendo se arriscar neste gênero. Dentre muitos, eu selecionei 5 motivos que são as principais causas dessa série ser tão especial para mim. E com isso, tentar te convencer a ler ela também.

W O R L D B U I L D I N G 

Sabe aquele tipo de mundo que parece real? Ele é tão rico em cultura e sólido nas histórias, que você esquece que se trata de um mundo fictício. Se o autor, Robert Jordan tivesse tido mais tempo, ele poderia ter escrito milhares de outras histórias adaptadas nesse mundo, porque ele tinha espaço de sobra para isso. Por sorte, nós somos beneficiados com algumas histórias dentro da história principal, e também ficamos com os olhinhos brilhando cada vez que conhecemos uma cultura diferente. Os Aiel, como por exemplo (ilustração), carrego no fundo do meu coração. Uma cultura bastante peculiar, com uma história e filosofia incrível.

E N R E D O

Profecias. Tramas políticas. Batalhas épicas. Em A Roda do Tempo, nós temos tudo isso e muito mais. O melhor é que tudo está atrelado. Os acontecimentos do passado estão diretamente ligados ao presente, como um ciclo (ou, neste caso, numa Roda). O que você faz em determinado tempo ou lugar, acaba influenciando diretamente quem está do outro lado do mundo, ou quem irá nascer daqui a mil anos.

S I S T E M A · D E · M A G I A

A princípio, ela parece bem simples, mas com o passar dos livros, você começa a ter uma noção do quão complexa ela é. A base parte de que a fonte verdadeira é a força que gira a Roda do Tempo (passar das eras) e é composta por duas metades opostas que se completam, Saidar (feminina) e Saidin (masculina). Dessa fonte, é possível extrair o poder único. Há três mil anos, houve uma mácula na metade masculina dessa fonte, criada pelas forças das trevas, que ocasionou na ruptura do mundo, impedindo os homens de canalisar esse poder sem que enlouqueçam e morram, desde então.

P E R S O N A G E N S

A vantagem de se tratar de uma série de livros grande, é você poder acompanhar a evolução dos personagens, desde lá do primeiro livro. E aqui, não só a evolução é importante, mas o relacionamento que eles têm entre si, a amizade e lealdade que criam, o amor quando surge. Os personagens estão em constante mudança, pela situação que o mundo vive, as responsabilidades pré-adquiridas, mas mesmo assim, os personagens são fieis a eles mesmos. Mesmo carregando o mundo nas costas, você é capaz de identificar os resquícios do menino fazendeiro do interior. Fora que há uma quantidade enorme de personagens (muito bons), e você tem uma chance muito grande de se identificar com vários deles.

M U L H E R E S

Eis aqui, o principal motivo dessa série ser tão querida por mim. Você precisa saber, que em A Roda do Tempo, as mulheres não são vistas como inferiores aos homens. Trata-se de uma sociedade igualitária no quesito gênero. E as mulheres dessa série são maravilhosas! Fortes, independentes, cabeças-duras. Não tem como você não se identificar. As minhas personagens favoritas são Nynaeve e Moiraine – Nynaeve porque me identifico muito com ela, e Moirine porque me inspira. Quando crescer quero ser tão determinada quanto ela rs. Mas há inúmeras personagens fortes, de temperamento marcante, tão fascinantes quanto. Egwene, Birgitte, Min, Faile, Aviendha, Siuan, Elayne, Lanfear, Verin, Leane, Liandrin, Elaida, Egeanin, Amys, Bair, Bain, Chiad, Moghedien, Graendal, Semirhage… Bastante? Há muito mais personagens do que isso!

É difícil definir o que mais gosto nessa série. O meu ponto fraco, que são os personagens, Jordan tirou de letra. Mas o mundo incrível que ele criou, junto com o enredo maravilhoso, resultaram no que A Roda do Tempo representa para mim, a minha série favorita de fantasia.

Até então li os 5 livros publicados pela editora Intrínseca aqui no Brasil, aguardando mais que ansiosa pelos próximos volumes. Para quem não sabe, a série tem 14 livros no total, mais um prequel. Pretendo reler os primeiros livros em inglês e dar continuidade a partir daí, mas meu inglês é tão travado que prevejo um belo desafio pela frente.

E você, gosta do gênero fantasia? O que está esperando para ler essa série delicinha? Infelizmente, o primeiro livro está esgotado aqui no Brasil e sem previsão de reimpressão, mas vocês podem começar pelo ebook.

Se vocês também gostam da série, comentem aqui. Vamos nos unir em nome da Luz.