• RESENHA

    Resenha | Criaturas Estranhas: O Mundo de Lore, Aaron Mahnke

    Imagine que tudo o que você sabe sobre o folclore brasileiro seja o mínimo que está por trás da lenda. Que ao redor do mundo existam histórias que dão origem as mais conhecidas criaturas do cenário mitológico brasileiro, como o Saci-Pererê, Mula-sem-cabeça, Boitátá ou o Negrinho do Pastoreio. Não seria louco imaginar que poderia existir uma versão de olhinhos puxados chinesa de um saci? Meio estranho e ao mesmo tempo peculiar. Bom, é mais ou menos disso que se trata o novo lançamento da Darkside Books: Criaturas Estranhas, O Mundo de Lore.

  • RESENHA

    Resenha | Nove Desconhecidos, Liane Moriarty + Intrínsecos

    Me surpreendo toda vez que pego um livro da Liane Moriarty pra ler. Sua escrita é incrivelmente envolvente e em poucas páginas você é capaz de estar familiarizado com os personagens. Ela sabe trabalhar perfeitamente bem as características de vários deles ao mesmo, e além de usufruir do seu particular humor divertido e um tanto ácido, ela também nos faz refletir muito.

  • A Roda do Tempo

    O Sistema de Magia em A Roda do Tempo

    Olá abduzidos, tudo bem com vocês?

    Após um tempinho, estou de volta com a série de postagens que visa destrinchar os 5 motivos para ler A Roda do Tempo. Para quem ainda não conhece, esta é uma série de fantasia épica composta por catorze livros e um prequel. Até então, os seis primeiros livros foram lançados aqui no Brasil pela editora Intrínseca. Hoje é dia de falar sobre o sistema de magia, que à primeira vista parece simples, mas vai se mostrando complexo no decorrer dos livros. Não deixe de conferir as postagens anteriores da série, sobre o mundo e o enredo.

  • RESENHA

    Resenha | A Menina do Outro Lado, Nagabe

    Para os apreciadores de histórias que envolvem ficção com um tom de melancolia, esse mangá é o que você precisa. A Menina do Outro Lado foi produzido pelo mangaká Nagabe, e acompanhamos a doce menina de cabelos brancos, Shiva, com uma criatura meio humana e meio fera que lhe serve de protetor, ao qual ela chama de Sensei. Ele é uma criatura amaldiçoada, não pode ter contato direto com qualquer parte de seu corpo, senão a pessoa que o encosta também acaba amaldiçoada.

  • RESENHA

    Resenha | A Cidade de Bronze, S. A. Chakraborty

    Admito que comprei A Cidade de Bronze pela capa, sem saber praticamente nada sobre a história. Isso é realmente raro, porque sempre procuro algumas coisas sobre o livro, seja a premissa ou mesmo opiniões antes de realizar a compra. Após finalizar a leitura, o melhor de tudo foi perceber que a história condiz com toda a beleza externa – eu me vi igualmente maravilhada pela sua trama e ambientação.

  • RESENHA

    Resenha | Ed & Lorraine Warren – Lugar Sombrio, Ray Garton

    Pra ser sincero, não sei exatamente como começar esta resenha. E de antemão vou explicar o motivo. Se você assistiu em algum momento aos filmes de Invocação do Mal, Anabelle e A Freira estará familiarizado com a história do livro. Trata-se de mais um caso dos Warren, ambos investigadores paranormais. Ed, um especialista em demonologia, e Lorraine, uma médium clarividente. Até aí tudo tranquilo, mas então qual o motivo de ser difícil de falar sobre esse livro? Bem, vamos lá.

  • RESENHAS

    Resenha | Leve-me com Você, Catherine Ryan Hyde

    Perdi as contas de quantos vídeos e resenhas já vi sobre Leve-me com Você. O meu interesse pela história foi surgindo aos poucos, cada vez que via alguém se declarando a ela. Quando comecei a leitura, praticamente já sabia da premissa de cor, mas não fazia ideia que as suas mensagens me atingiriam com tanta intensidade.

  • RESENHAS

    Resenha | Candyman, Clive Barker

    Você parou para pensar que coisas ruins como o medo, o desespero, o horror e a própria morte podem ter um sabor? Se ao invés desse sabor for algo amargo como fel, tivesse em sua boca o gosto de algodão doce, ou do próprio mel. Pois bem, embarque nas linhas comigo, e vamos falar de Candyman!

  • RESENHA

    Resenha | Os Noivos do Inverno, Christelle Dabos

    Eu não pretendia ler Os Noivos do Inverno agora, mas estava organizando a prateleira onde o livro fica e o peguei para dar uma folheada na edição – quem é leitor sabe o quanto é prazeroso ficar babando nos livros.  Abrir a primeira página foi um caminho sem volta, porque eu me deparei com uma escrita tão gostosa e peculiar que simplesmente não consegui mais largar.