• Abdução Conjunta

    #AbduçãoConjunta | Mundo em Caos, Patrick Ness

    Olá, abduzidos. Vamos ler juntos?

    Neste mês teremos o primeiro #AbduçãoConjunta, o projeto de leitura coletiva do blog. O intuito deste projeto, além da interação, é também estimular o hábito da leitura cotidiana. No início do mês fiz uma enquete lá no instagram (@abducaoliteraria para quem ainda não me segue) e o livro escolhido para a leitura foi Mundo em Caos, do Patrick Ness.

  • RESENHA

    Resenha | A Menina do Outro Lado #2, Nagabe

    Atenção, essa resenha pode conter spoilers do primeiro volume de A Menina do Outro Lado. Prestaram atenção? Então muito obrigado, de nada. HAHA!

    O primeiro volume desse mangá lindo terminou de uma forma chocante! Shiva, a nossa pequena e doce protagonista foi tocada por uma criatura que sofre da mesma maldição do seu Sensei. E vou relembrar o seguinte: quem é tocado pelos seres amaldiçoados, acaba como o tempo se transformando também nessa espécie de ser meio humano e meio animal.

  • booktag

    Tag No Outono é Sempre Igual

    Olá abduzidos, tudo bem com vocês?

    O outono começou bem tímido, ele já deu as suas caras e nos presenteou com alguns dias frescos e nublados, mas ainda não é o suficiente (o verão simplesmente não quer largar o osso). Isso não nos impede de continuar com as recomendações, além deste, você também pode conferir a postagem recente de 5 livros para aquecer o coração, histórias ideais para ler no outono.

  • RESENHA

    Resenha | A Catedral do Mar, Ildefonso Falcones

    Muito antes de a cidade de Barcelona ser conhecida como um dos principais palcos do futebol mundial, graças ao time que leva o nome da cidade, e antes mesmo de passar por ali um dos principais arquitetos da história da humanidade, o catalão Antoni Gaudí, um dos responsáveis do Modernismo na Espanha; Barcelona foi palco de homens com grandes conquistas, como Jaime, O Conquistador, e Pedro, O Grande.

  • RESENHA

    Resenha | A Pequena Sereia e o Reino das Ilusões, Louise O’Neill

    Sou fã declarada dos filmes da Disney, então não é preciso muito para despertar o meu interesse quando o assunto é releituras de tais histórias. Ao saber do lançamento de A Pequena Sereia e o Reino das Ilusões pela Darkside Books, além da edição (que merece um tópico só para enaltecê-la), saber que o livro de Louise O’neill traria a história sob um viés feminista me deixou ainda mais empolgada para conhecê-la.

  • RESENHA

    Resenha | O Cemitério, Stephen King

    Louis Creed não esperava o quanto a sua vida, e a de sua família mudariam quando saíssem de Chicago para uma pequena chamada Ludlow, localizada no Maine. Mal ele sabia as decisões que tomaria quando se deparasse e adentrasse aos bosques espessos e verdes, divididos entre os verdes pálidos de matos comuns até o verde mais denso que guia para uma trilha colina acima. Esse caminho leva a um local de despedida: um cemitério para animais, e para além dele, um local sobrecarregado de lendas indígenas, mistérios e um poder assustador e sobrenatural.

  • RESENHA

    Resenha | Francis, Loputyn

    Foi amor a primeira folheada. Eu já sabia que iria gostar de Francis por motivos de: bruxas. Eu amo essa temática e estou sempre disposta a consumir histórias que a envolvem, antes mesmo de saber algo sobre a premissa. Quando o livro chegou, fiquei maravilhada com tanta delicadeza e beleza, então não consegui me segurar e iniciei a leitura logo no mesmo dia.

  • RESENHA

    Resenha | Criaturas Estranhas: O Mundo de Lore, Aaron Mahnke

    Imagine que tudo o que você sabe sobre o folclore brasileiro seja o mínimo que está por trás da lenda. Que ao redor do mundo existam histórias que dão origem as mais conhecidas criaturas do cenário mitológico brasileiro, como o Saci-Pererê, Mula-sem-cabeça, Boitátá ou o Negrinho do Pastoreio. Não seria louco imaginar que poderia existir uma versão de olhinhos puxados chinesa de um saci? Meio estranho e ao mesmo tempo peculiar. Bom, é mais ou menos disso que se trata o novo lançamento da Darkside Books: Criaturas Estranhas, O Mundo de Lore.

  • RESENHA

    Resenha | Nove Desconhecidos, Liane Moriarty + Intrínsecos

    Me surpreendo toda vez que pego um livro da Liane Moriarty pra ler. Sua escrita é incrivelmente envolvente e em poucas páginas você é capaz de estar familiarizado com os personagens. Ela sabe trabalhar perfeitamente bem as características de vários deles ao mesmo, e além de usufruir do seu particular humor divertido e um tanto ácido, ela também nos faz refletir muito.