• RESENHA

    O Homem de Giz, C. J. Tudor

    O Homem de Giz está sendo vendido como algo parecido com It, A coisa e fãs de Stranger Things. A semelhança que existe entre este livro e a história contada por Stephen King, é o fato de ter um grupo de adolescentes e uma garota entre eles, e a história se passar em dois momentos: quando eles têm doze anos, e 30 anos depois. A narrativa vai se intercalando dessa maneira.

  • RESENHA

    Boneco de Neve, Jo Nesbo

    No ano de 2004, o detetive Harry Hole, único homem em toda a Noruega que prendeu um assassino em série, recebe uma carta do serial killer autointitulado como Boneco de Neve. Em seu conteúdo está lançado um desafio para Hole o capturar, afinal de contas, os assassinatos começaram em novembro de 1980 e perduraram por mais de 24 anos. O assassino é metódico, pois ele faz sua vítima na primeira neve de cada inverno, e elas são sempre mulheres casadas e com filhos.

  • RESENHA

    Misery, Stephen King

    Misery… córdia!

    Imagine uma versão moderna de As Mil e Uma Noites, onde a rainha Sherazade é vivida por um escritor best-seller e o Rei Shariar é uma ex-enfermeira com problemas mentais.  Junte isso com uma dose de o romance O Colecionador de John Fowles e por fim a escrita de Stephen King e temos em mãos Misery!

  • RESENHAS

    Resenha | Seis Anos Depois – Harlan Coben

    Em qualquer livraria que você frequente, numa estante vai encontrar algum livro do escritor, Harlan Coben. Aqui na minha pequena cidade, no interior de Santa Catarina não é muito diferente. Mas, não sei por que cargas d’água, acabava deixando as obras do autor sempre pra próxima compra. Até que no mês de junho desse ano eu li Outsider, novo livro do Stephen King, e em muitos momentos da trama ele cita O Mestre das Noites em Claro, apelido carinhoso que os fãs deram a Coben. Enfim, sem mais delongas, vamos ao que realmente interessa!