• RESENHAS

    Resenha | As Sombras de Si Mesmo – Brandon Sanderson

    Sempre há outro segredo. Se você já leu a primeira trilogia de Mistborn, deve estar bastante familiarizado com essa frase, porque ela resume muito sobre o que esperar sobre as histórias dessa série. Na segunda era, ela continua fazendo todo sentido. Por mais que eu esteja acostumada com as histórias de Brandon Sanderson, é incrível como ele não perde a mania de me surpreender, brincar com os meus sentimentos e consequentemente me fazer de boba, é claro. Mas não estou reclamando, eu adoro isso. 😛

  • maratona,  tbr

    TBR de março | #MaratonaLeiaMulheres

    Olá abduzidos, tudo bem com vocês?

    Hoje trago um assunto que está me deixando bastante empolgada, uma maratona que acontecerá em março e será destinada a ler livros somente escritos por mulheres. Como qualquer outra maratona, aqui o intuito é ler mais, só que além disso, também queremos aproveitar o mês para conhecer autoras de gêneros diferentes. Quem sabe assim, ao invés de dedicarmos apenas um mês, tomamos gosto e seguimos com a prática?

  • Livro x Filme,  RESENHAS

    Livro x Filme | Me Chame Pelo Seu Nome

    Minha história com Me Chame Pelo Seu Nome começou no Globo de Ouro, quando estava assistindo à premiação e recebi alguns vislumbres do filme, que estava sendo bastante comentado. Depois de saber que era a adaptação de um livro, o meu interesse aumentou drasticamente, então corri para ler a sinopse.

    Recentemente li o livro e também conferi o filme depois, e hoje venho mostrar para vocês um pouquinho do que senti durante as duas experiências.

  • RESENHAS

    Resenha | Mulheres Sem Nome – Martha Hall Kelly

    Mulheres Sem Nome é o romance de estreia de Martha Hall Kelly. É um livro de ficção histórica sobre o holocausto, lançado no final do ano passado pela editora Intrínseca, que cedeu um exemplar em parceria para resenha.

    Confesso que não estou acostumada a me apossar de histórias sobre A Segunda Guerra Mundial, porque elas me atingem de forma profunda e me puxam para baixo. Porém, ao ler Mulheres Sem Nome, admito que essas histórias são extremamente importantes, assim como os sentimentos que elas estimulam. São histórias que precisam ser contadas e ouvidas.

  • RESENHAS

    Resenha | Matéria Escura – Blake Crouch

    “A coisa mais bela que podemos experimentar é o mistério”. – Einstein.

    QUE TIRO FOI ESSE?
    Juro que tentei iniciar essa resenha de várias formas, mas essa é a primeira frase que me vem à mente quando penso nesse livro, acreditem se quiser.  Um dos porquês de gostar tanto de livros de sci-fi, é a infinita possibilidade que este gênero nos apresenta. De futuro, de tecnologia, de humanidade, de vida. Matéria Escura foi a primeira surpresa do ano. Um livro que, apesar de estar interessada nele já algum tempo, não sabia bem o que esperar.

  • RESENHAS

    Resenha | Ordem Vermelha: Filhos da Degradação – Felipe Castilho

    E se eu te disser que Ordem Vermelha: Filhos da Degradação é mesmo tudo isso que estão dizendo? E mais, esse livro representa tudo aquilo o que eu espero de um livro de fantasia escrito nos dias atuais. Minha história com Ordem Vermelha começou na CCXP, com a minha surpresa diante de uma divulgação pesada e grandiosa; me senti nos arredores de Untherak diante da estátua da soberana, sob o seu olhar, porque para onde quer que eu fosse, Una estava lá, me observando.

  • RESENHAS

    Resenha | O Ódio que Você Semeia – Angie Thomas

    “Qual o sentido de ter voz se você vai ficar em silêncio nos momentos que não deveria?”

    Espere. Eu acabei de ser nocauteada, preciso de um momento para recuperar o fôlego e me colocar em pé novamente. O Ódio que Você Semeia é um livro sobre verdade e luta, sobre o quão dolorido é você lutar para expor uma verdade que pode colocar em risco todo um sistema. A luta fica ainda mais difícil quando a sua voz é mais fraca e vale menos, pelo simples fato de você ser uma garota negra.

  • RESENHAS

    Resenha | Assassinato no Expresso do Oriente – Agatha Christie

    Finalmente chegou o momento de conhecer a rainha do crime, Agatha Christie. Apesar das inúmeras indicações e um gênero que me interessa bastante, por algum motivo eu empurrei essa leitura com a barriga por um longo tempo. A primeira coisa que pensei no momento em que iniciei a leitura foi “Por favor Agatha, me surpreenda”, e ela surpreendeu. Muito!

  • RESENHAS

    Resenha | A Liga da Lei – Brandon Sanderson

    “O objetivo é a harmonia, criar um caminho para o máximo possível de pessoas fazerem suas escolhas”.

    É sempre difícil controlar as expectativas para um livro de Brandon Sanderson. Agora e quando falamos de uma de minhas histórias favoritas? A primeira era de Mistborn, trilogia na qual finalizei em 2016, é uma das minhas mais queridinhas. Foi a obra na qual me apaixonei pelo autor e o considerei um dos meus favoritos.

    Com a segunda era em mãos, não consegui me segurar e iniciei o livro muito animada, mesmo sabendo que essa nova história tem uma pegada totalmente diferente da primeira trilogia. E preciso dizer que minha animação só aumentou durante a leitura.

  • RESENHAS

    Resenha | Kindred – Laços de Sangue – Octavia E. Butler

    “Comecei a escrever sobre poder, porque era algo que eu tinha muito pouco”.

    Kindred – Laços de Sangue foi a primeira leitura concluída do ano e eu não imagino como poderia ter começado melhor. Sabia que essa história mexeria comigo, então me preparei bastante para iniciá-la, só não imaginei que ela causaria um rebuliço em minhas emoções e mexeria de tantas formas. Tive dificuldades até mesmo para escrever esta resenha, porque a história me deixou sem palavras.