• RESENHA

    Resenha | Criaturas Estranhas: O Mundo de Lore, Aaron Mahnke

    Imagine que tudo o que você sabe sobre o folclore brasileiro seja o mínimo que está por trás da lenda. Que ao redor do mundo existam histórias que dão origem as mais conhecidas criaturas do cenário mitológico brasileiro, como o Saci-Pererê, Mula-sem-cabeça, Boitátá ou o Negrinho do Pastoreio. Não seria louco imaginar que poderia existir uma versão de olhinhos puxados chinesa de um saci? Meio estranho e ao mesmo tempo peculiar. Bom, é mais ou menos disso que se trata o novo lançamento da Darkside Books: Criaturas Estranhas, O Mundo de Lore.

  • RESENHAS

    Resenha | Leve-me com Você, Catherine Ryan Hyde

    Perdi as contas de quantos vídeos e resenhas já vi sobre Leve-me com Você. O meu interesse pela história foi surgindo aos poucos, cada vez que via alguém se declarando a ela. Quando comecei a leitura, praticamente já sabia da premissa de cor, mas não fazia ideia que as suas mensagens me atingiriam com tanta intensidade.

  • RESENHAS

    Resenha | Candyman, Clive Barker

    Você parou para pensar que coisas ruins como o medo, o desespero, o horror e a própria morte podem ter um sabor? Se ao invés desse sabor for algo amargo como fel, tivesse em sua boca o gosto de algodão doce, ou do próprio mel. Pois bem, embarque nas linhas comigo, e vamos falar de Candyman!

  • RESENHA

    Resenha | Filhos de Sangue e Osso, Tomi Adeyeme

    Iniciar um livro com muita hype sempre é difícil. Você precisa se controlar para não ir com muita sede ao pote, porque isso pode acabar prejudicando a leitura. Geralmente quando adquiro um livro muito desejado, só inicio a leitura no momento em que consegui controlar as expectativas. Com Filhos de Sangue e Osso isso não foi possível. Sabendo dos riscos, decidi encará-la mesmo assim, torcendo pra ela não ficar à baixo do que eu esperava e me surpreender de alguma forma.

  • RESENHA

    O Homem de Giz, C. J. Tudor

    O Homem de Giz está sendo vendido como algo parecido com It, A coisa e fãs de Stranger Things. A semelhança que existe entre este livro e a história contada por Stephen King, é o fato de ter um grupo de adolescentes e uma garota entre eles, e a história se passar em dois momentos: quando eles têm doze anos, e 30 anos depois. A narrativa vai se intercalando dessa maneira.

  • RESENHA

    Resenha | A Quinta Estação, N. K. Jemisin

    N. K. Jemisin foi a ganhadora do Hugo Awards três vezes consecutivas pela série A Terra Partida, com os livros A Quinta Estação, O Portão do Obelisco e The Stone Sky (título ainda não traduzido no Brasil) respectivamente. A premissa da série apresenta elementos de fantasia e também de ficção científica, meus dois gêneros favoritos. Tudo isso para dizer a vocês que iniciei essa leitura sem saber muito o que esperar dela, ao mesmo tempo que nutri todas as expectativas possíveis.

  • RESENHA

    O Aprendiz de Assassino, Robin Hobb

    Em O Aprendiz de Assassino me reencontrei com Robin Hobb, a autora do “amor à primeira história”. O Navio Arcano continua sendo o meu livro favorito dela, mas este me trouxe uma experiência diferente, ao mesmo tempo em que reforçou as características que mais gostei  com relação a sua escrita: a narrativa detalhada, que descreve os cenários e sentimentos com muita precisão, além do seu dom para construir personagens. Principalmente os odiosos.

  • Sem categoria

    Resenha | O Poder, Naomi Alderman

    Desde quando li a sinopse de O Poder, várias coisas que poderiam acontecer nessa história me vieram à mente. De fato, tudo o que imaginei – ou algo bem próximo – aconteceu logo nas primeiras páginas, e o que veio depois acabou me surpreendendo bastante. O livro de Naomi Alderman, que também foi eleito um dos 10 melhores livros de 2017 pelo NYT, é verdadeiramente chocante, perturbador e sobretudo poderoso.

  • RESENHA

    Resenha | Leonardo da Vinci, Walter Isaacson

    “Se o amor não existe, o que existe então?”

    História é uma ciência da área de humanas que nos permite fazer um estudo reflexivo e crítico sobre o passado, percebendo a evolução do modo de vida, de novas descobertas e através da transformação do pensamento humano. E um dos períodos mais fascinantes dessa transformação do “homem” em seu ambiente ocorre durante a transição entre o período que historiadores chamam de Idade Média, com o fim do feudalismo, para a Idade Moderna.