• RESENHAS

    Resenha | Frankenstein, ou o Prometeu Moderno – Mary Shelley

    A verdade sobre Frankenstein

    A parte mais prazerosa desta leitura foi, irrevogavelmente, a introdução, que nos apresentou à Mary Shelley e mostrou de forma muito efetiva como ela deu início à sua obra primorosa, quais foram suas influências e motivações. Foi incrível como me senti no século XIX, sentada diante de Mary em sua escrivaninha enquanto a mesma escrevia e detalhava sobre sua criação. Neste início, temos também detalhes sobre as edições e modificações que o romance teve, desde sua primeira publicação até esta que é mais conhecida por nós, de 1831.