• Resenha | Maresi (As Crônicas da Abadia Vermelha) – Maria Turtschaninoff

     Título: Maresi | Autora: Maria Turtschaninoff | Tradução: Lilia Loman e Pasi Loman | Editora: Morro Branco | Ano: 2018 | Páginas: 200 | Skoob | Goodreads | Amazon


    Uma história sobre amizade e sobrevivência, magia e encantamento, beleza e terror.
    Maresi chegou à Abadia Vermelha quando tinha 13 anos, durante o Inverno da Fome. Antes disso, só ouvira rumores e fábulas sobre o lugar. Em um mundo onde garotas são proibidas de estudar ou seguir seus próprios sonhos, uma ilha habitada apenas por mulheres soava como uma fantasia incrível. Agora Maresi vive ali e sabe que é real. Ela está segura.
    Tudo muda quando Jai, com seus cabelos emaranhados, cicatrizes e roupas sujas, chega em um navio. Ela fugia da crueldade e dos perigos escondidos em sua terra natal – mas os homens que a perseguem não vão parar por nada, até encontrá-la.
    Agora as mulheres e meninas da Abadia Vermelha terão que usar seus poderes e conhecimento ancestral para combater as forças que desejam destruí-las. E Maresi, assombrada por seus próprios pesadelos, deve confrontar seus mais profundos e terríveis medos.


    “Ler sempre me ajudou a compreender melhor o mundo. Espero que o mesmo se aplique a escrever.”

    Imagine um livro com toques de magia, escuridão e principalmente autoconhecimento. Uma história que envolve laços de amizade, comprometimento, lealdade e sobrevivência em um mundo onde as mulheres são vistas como incapazes de sobreviver sem os homens. (E não, não estou falando sobre a triste realidade de nossa sociedade, que fique claro). Enfim conseguiu imaginar? Então venha se aventurar no mundo criado pela finlandesa  Maria Turtschaninoff.