• RESENHA

    Misery, Stephen King

    Misery… córdia!

    Imagine uma versão moderna de As Mil e Uma Noites, onde a rainha Sherazade é vivida por um escritor best-seller e o Rei Shariar é uma ex-enfermeira com problemas mentais.  Junte isso com uma dose de o romance O Colecionador de John Fowles e por fim a escrita de Stephen King e temos em mãos Misery!