RESENHA

Resenha | Nove Desconhecidos, Liane Moriarty + Intrínsecos

Me surpreendo toda vez que pego um livro da Liane Moriarty pra ler. Sua escrita é incrivelmente envolvente e em poucas páginas você é capaz de estar familiarizado com os personagens. Ela sabe trabalhar perfeitamente bem as características de vários deles ao mesmo, e além de usufruir do seu particular humor divertido e um tanto ácido, ela também nos faz refletir muito.

Nove Desconhecidos. Um spa. O Tranquillium House é conhecido por proporcionar milagres quando o assunto é desintoxicar a própria vida e botá-la nos eixos. Entretanto, sua popularidade diverge de opiniões, enquanto algumas pessoas saem de lá realmente transformadas, a mesma parcela sai em profunda indignação por causa dos métodos utilizados. Isso por si só aguçou a minha curiosidade para saber o que acontece de peculiar na Tranquillium House.

O maior público do spa se destaca entre pessoas com mais de 40 anos, que precisam perder peso, enfrentar a crise no casamento, superar uma separação ou lidar com situações ainda mais delicadas, como o luto. De forma geral, pessoas que procuram transformar suas vidas de alguma forma e de quebra usufruir um pouco de paz. Nossa parada será em um retiro de dez dias, que promete a transformação total da mente e do corpo através de meditação, ioga, alimentação saudável e terapias alternativas.

A primeira dos nove desconhecidos a quem somos apresentados é Francis, que se enquadra perfeitamente no público alvo do spa. Francis é uma mulher de meia idade, que está tentando superar seu último relacionamento e também está lidando com a primeira crise na sua carreira como escritora de livros de romance. Ela é uma mulher de mente ágil, que nos diverte nas primeiras páginas da história. Aos poucos somos apresentados aos demais desconhecidos, todos ansiosos e apreensivos pela tal transformação.

O Tranquillium House é um personagem por si só. Ele apresenta uma camada de mistério e esperança, enquanto que a tensão também se mostra presente em diversos momentos. Alguns personagens são um tanto estereotipados, e você nunca sabe se a autora está caindo em algum clichê ou está sendo provocativa. Demora um pouco pra você sacar por quais mudanças eles desejam – algumas parecem óbvias, mas até mesmo essas necessitam de mais atenção, porque tudo é muito mais profundo do que parece.

O núcleo da família Marconi foi o que mais me marcou (dá até pra fazer um trocadilho, rs). E sim, há uma família no resort, o que surpreende a todos no início. Ela é composta pelos pais, Napoleon e Heather, e a filha, Zoe. É fácil supor que um casal presente no retiro está passando por algum tipo de crise, mas e uma família? Estariam eles apenas afim de curtir a paz do local? A família Marconi foi o principal alvo da minha curiosidade, além do próprio Tranquillium House, é claro.

A história, que a princípio parecia leve, divertida e misteriosa, aos poucos vai se descompondo e nos mostra a verdadeira face dos personagens, seus principais problemas e angústias. E é aqui onde ela surpreende, porque toca em assuntos extremamente delicados e proporciona inúmeras reflexões. No final, dez dias parecem ser transformados em um mês, porque os personagens criam laços e evoluem muito nesse período. Uma coisa posso afirmar a vocês com toda certeza: será impossível esquecer tudo o que eles passarão no excêntrico Tranquillium House.

Liane Moriarty possui uma escrita fluida, que envolve e diverte. Mas o seu diferencial está na incrível capacidade de construir relacionamentos e explorar a convivência entre os personagens. Temos então uma história que distrai, alegra, mas também cutuca em pontos sensíveis e desconfortáveis. É o segundo livro que leio da Liane e mais uma vez me vi maravilhada pela forma como ela conduz a trama. Nove Desconhecidos me proporcionou uma experiência hilária e me deixou ansiosa para continuar conhecendo as histórias da autora.


Nove Desconhecidos

Título: Nove Desconhecidos
Autor: Liane Moriarty
Tradução: Julia Sobral Campos
Editora: Intrínseca
Ano: 2019
Páginas: 464
Skoob | Goodreads


Você conhece o Intrínsecos?

O Intrínsecos é o clube de assinatura da editora Intrínseca. Todo mês, os assinantes recebem uma caixinha com um livro em edição exclusiva e inédito no Brasil, com alguns brindes e informações relacionados a história. Os gêneros variam e os autores também – alguns são novos em território nacional e outros já bem conhecidos, como no caso da Liane Moriarty.

O livro selecionado chegará nas livrarias após 45 dias, em outra edição. A edição do Intrínsecos possui um formato exclusivo, com capas coloridas para colecionar na estante. A editora espalha várias pistas nas redes sociais sobre a próxima caixinha, se você acompanhar as dicas e se interessar, pode assinar o Intrínsecos do mês correspondente. Ah, atenção! Se você assinar o plano anual até o dia 25/03, irá ganhar uma bolsa especial para livros.   

Acesse aqui para ser direcionado ao o site do Intrínsecos. Lá você poderá tirar todas as suas dúvidas com relação a valores e o que vem nas caixinhas, dá também para ver todas as edições anteriores.  

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *