Duologia Six of Crows – Leigh Bardugo

Em uma tentativa árdua de convencer minha irmã a ler essa duologia, este post surgiu. Esta recomendação é para todos que assim como ela, estão indecisos quanto a dar uma chance para essa história. Leigh Bardugo já tinha me conquistado com a trilogia Grisha, que, apesar de possuir inúmeros problemas, tinha um lugar reservado no meu coração.

A primeira coisa que você precisa saber é que Six of Crows se passa no mesmo universo da primeira trilogia, mas é uma história independente. A outra coisa é que essa história deveria servir de modelo para autores de fantasia YA, porque ela conseguiu fugir de clichês e problemas que tanto me irritam nessa classificação, e foi capaz de contar uma história de extrema qualidade, com personagens extremamente marcantes.

Resenha Six of Crows | Resenha Crooked Kingdom

“Sem luto. Sem funerais”

Aproveitando o universo incrível que ela criou na trilogia Grisha, aqui Leigh Bardugo se dispôs a contar a história de seis personagens que acabam se unindo por necessidade (não por afinidade), mas que são incríveis trabalhando em conjunto. Kaz, Inej, Nina, Mathias, Jesper e Wylan iniciam uma incrível e improvável jornada recheada de ação, tramas políticas, magia, humor e romance. Uma história sobre heist, com planos e golpes ousados, que fizeram um nó na minha cabeça. Os jogos mentais duelam com cenas de ação muito bem elaboradas.

Resultado de imagem para movie

Os vínculos que eles acabam criando entre si, com amizade e empatia é de aquecer o coração. Uma das amizades mais bonitas, entre Inej e Nina, é sincera e cheia de compreensão, sem nenhum tipo de rivalidade. É esse tipo de relação entre garotas que espero tanto ver nas demais histórias.

O fator que me conquistou definitivamente para gostar tanto dessa série, foram os personagens. Que personagens! Cinzas, com suas próprias motivações e cheios de cicatrizes que os tornam incrivelmente reais e complexos. Além de carismáticos e extremamente apaixonantes, é claro. Me apeguei e torci muito por todos eles.

Há romance na trama, mas que não funciona como foco da história. Apesar de também muito bem desenvolvido, os romances da história são importantes para a evolução dos personagens e se desdobram com muita naturalidade. Essa história guarda um dos romances mais fofos e outro um dos mais intensos que já li. E um dos fatores extremamente positivo para a trama também, é a diversidade entre os personagens principais.

Com doses de um humor delicioso e diálogos muito bacanas, você se pega rindo e relendo várias cenas agradáveis.

A duologia teve um início incrível em Six of Crows – Sangue e Mentiras, e teve um desfecho ainda melhor em Crooked Kingdoom – Vingança e Redenção, com um final satisfatório, eletrizante e de despedaçar o coração.

“Nós encaramos o medo. Cumprimentamos o visitante inesperado e escutamos o que ele tem para nos dizer. Quando o medo chega, algo está para acontecer”.

Se você já leu a trilogia Grisha, prepare-se para se surpreender e muito, com a evolução da escrita da autora. Leigh Bardugo elevou o padrão de qualidade para livros do gênero. Através apenas de uma duologia, com livros não tão grandes assim, ela foi capaz de contar uma história de extrema qualidade, explorando de forma justa, seis protagonistas incríveis, com backstories e desenvolvimentos fantásticos. Ainda não entendi porque você ainda não deu uma chance à essa história.

Se assim como eu, já é apaixonado pelas histórias de Leigh Bardugo, a autora divulgou recentemente que seus próximos livros serão sobre Nikolai, um personagem que tem participações tanto na trilogia Grisha, quanto na duologia Six of Crows. E eu, que sou completamente apaixonada pelo personagem, não poderia ficar mais feliz. Ansiosa desde já <3

Comprar: Six of Crows Crooked Kingdoom


Six of Crows - Sangue e MentirasSINOPSE: A oeste de Ravka, onde grishas são escravizados e envolvidos em jogos de contrabandistas e mercadores, fica Ketterdam, capital de Kerch, um lugar agitado onde tudo pode ser conseguido pelo preço certo. Nas ruas e nos becos que fervilham de traições, mercadorias ilegais e assuntos escusos entre gangues, ninguém é melhor negociador que Kaz Brekker, a trapaça em pessoa e o dono do Clube do Corvo.
Por isso, Kaz é contratado para liderar um assalto improvável e evitar que uma terrível droga caia em mãos erradas, o que poderia instaurar um caos devastador. Apenas dois desfechos são possíveis para esse roubo: uma morte dolorosa ou uma fortuna muito maior que todos os seus sonhos de riqueza.
Apostando a própria vida, o dono do Clube do Corvo monta a sua equipe de elite para a missão: a espiã conhecida como Espectro; um fugitivo perito em explosivos e com um misterioso passado de privilégios; um atirador viciado em jogos de azar; uma grisha sangradora que está muito longe de casa; e um prisioneiro que quer se vingar do amor de sua vida. O destino do mundo está nas mãos de seis foras da lei – isso se eles sobreviverem uns aos outros.

7 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *